Candidaturas abertas à Bolsa Nacional de Espécies Florestais Autóctones

2017-09-11

Até 30 de setembro, todas as entidades com responsabilidade de gestão de terrenos públicos ou comunitários (baldios) podem candidatar-se à Bolsa Nacional de Espécies Florestais Autóctones que conta com uma disponibilidade inicial de 211.125 plantas de 48 espécies florestais autóctones.

De 2010 a 2017, o projeto Floresta Comum já conta sete edições e um total de 647.737 plantas de 60 espécies autóctones oferecidas e plantadas em terrenos públicos e comunitários (baldios) de 168 municípios.

Em 2016, registaram-se 86 candidaturas. Apesar de terem sido solicitadas cerca de 387 mil plantas, só foram entregues 201.560 unidades, em conformidade com as disponibilidades dos quatro viveiros do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). As acções de (re)arborização decorreram, entre novembro de 2016 e março de 2017, com o apoio dos municípios e das juntas de freguesia.

O Floresta Comum é uma parceria entre a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, o ICNF, a ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses e a UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que visa a criação de uma floresta autóctone com altos níveis de biodiversidade e de produção de bens e serviços e ecossistema, sendo parcialmente financiado pelo projeto Green Cork – reciclagem de rolhas de cortiça, contando com o mecenato da REN – Redes Energéticas Nacionais.

A necessidade de recurso às espécies autóctones como carvalhos, medronheiros, castanheiros ou sobreiros, entre outras, é gritante. Contribui ainda para a mitigação das alterações climáticas e é mais resiliente a essas mesmas alterações, bem como aos incêndios florestais. Em comparação com as espécies introduzidas, as autóctones são mais adaptadas às condições climáticas locais, sendo por isso mais resistentes a pragas, doenças, longos períodos de seca ou de chuva intensa.

O Regulamento e os formulários de candidaturaà Bolsa Nacional de Espécies Florestais Autóctones estão disponíveis no site www.quercus.pt através do separador Projetos - Floresta Comum ou em www.florestacomum.org.





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

O montado no desenvolvimento rural do Sudoeste Peninsular

2018-08-21 a 2018-08-22, Ponte de Sôr e Coruche

4º Encontro Europeu de Movimentos de Agricultura Apoiada pela Comunidade

2018-11-09 a 2018-11-11, Tessalónica (Grécia)

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1