Semente para o futuro

2018-10-18

Nos dias 15 e 16 de outubro o projeto “Semente para o futuro” lançou uma iniciativa de recolha de sementes com vista à criação de micro maternidades de árvores nos quatro concelhos afetados – Lousã, Miranda do Corvo, Penela e Vila Nova de Poiares – pelos violentos incêndios de 2017.

I738-SEMXNOME.JPG

Na sequência de uma discussão alargada em torno da necessidade de repensar e agir sobre o ordenamento florestal, a reflorestação de áreas ardidas de forma resiliente e sustentável, as organizações parceiras e co-promotoras do projeto realizaram um seminário que deu origem à ideia da criação de micro-maternidades de árvores autóctones. Para fazer frente à escassez a curto prazo de sementes, decidiu-se encetar, desde já, um processo de recolha.

O GAL Dueceira, na qualidade de entidade promotora, em parceria com os municípios e outros agentes locais e o apoio técnico da ACTIVAR, ADSCCL e Lousitânea, apresentou uma candidatura ao Fundo Ambiental, obtendo um financiamento para testar uma ideia de envolvimento das comunidades na recolha de sementes e na criação de micro maternidades de árvores nos seus 4 concelhos de abrangência.





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1