A floresta e o setor florestal do Alto Tâmega

2019-02-28

A floresta e o setor florestal do Alto Tâmega são o tema do documentário idealizado e realizado pela Associação de Desenvolvimento da Região do Alto Tâmega-ADRAT para o projeto “Programa de apoio ao reforço da competitividade das PME do setor florestal do Alto Tâmega”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, em parceria com a Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), e apoiado pelo Programa Operacional NORTE2020.

I842-SEMXNOME.JPG

O produto de divulgação concebido pela ADRAT retrata, no espaço de cerca de 40 minutos, as caraterísticas das florestas da região, as atividades económicas associadas às florestas, os aspetos ecológicos e de serviços assegurados pelas florestas, as dificuldades e riscos associados à gestão florestal.

Para dar a conhecer a realidade subjacente aos agentes do setor e alimentar o documentário, a ADRAT recolheu a opinião experiente de vários representantes das organizações do setor empresarial e associativo florestal da região.

“A floresta e o setor florestal do Alto Tâmega” quer ser um instrumento de comunicação e valorização de um setor com um enorme potencial nesta região, devido à seu peso social, ambiental e económico.

“No Alto Tâmega as atividades de silvicultura e de exploração florestal contribuem com 4,59 milhões de euros, que representam 2,39% do Valor Acrescentado Bruto de todas as atividades económicas. De acordo com o Plano Regional de Ordenamento Florestal de Trás-os-Montes e Alto Douro, é no Alto Tâmega que existe o maior número de pessoas ao serviço da fileira florestal, com 215 trabalhadores.”

Segundo os responsáveis do projeto “Programa de apoio ao reforço da competitividade das PME do setor florestal do Alto Tâmega”, este trabalho pode ser considerado inédito e pioneiro – quer para a região, quer para o setor a nível regional  –, contribuindo concretamente para o aumento da visibilidade e reconhecimento do setor florestal do Alto Tâmega, no contexto nacional e internacional.

O Projeto

O documentário foi apresentado publicamente no seminário final do projeto “Programa de apoio ao reforço da competitividade das PME do setor florestal do Alto Tâmega”, no dia 21 de fevereiro, em Vila Pouca de Aguiar.

Financiado no âmbito do Programa Operacional NORTE2020, o “Programa de apoio ao reforço da competitividade das PME do setor florestal do Alto Tâmega”, que tem como promotor a Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT) e como parceiro a Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT), visa a criação de um programa de apoio à melhoria da competitividade das PME do setor florestal do Alto Tâmega, através da implementação de um conjunto de ações que, atuando diretamente junto dos agentes que integram a respetiva fileira, reforçarão a capacidade de criação de valor deste setor, e contribuirão para o aumento da visibilidade e reconhecimento do mesmo e da região, bem como dos respetivos produtos, a nível nacional e internacional.

As ações previstas deste projeto com potencial para ir mais longe, são as seguintes:

• A realização de atividades de recolha de informação e de diagnóstico que permitam conhecer e avaliar o perfil produtivo do setor na região e os agentes que integram a respetiva fileira;
• A identificação de boas práticas do setor, a nível nacional e internacional, em especial no domínio da implementação de processos de certificação da cadeia de responsabilidade e da gestão sustentável da floresta;
• A identificação de casos de estudo relevantes que constituam exemplos bem-sucedidos de implementação de processos de certificação da cadeia de responsabilidade e da gestão sustentável da floresta;
• A elaboração de manuais de suporte à implementação dos processos de certificação da cadeia de responsabilidade e da gestão sustentável da floresta, que facilitem a compreensão do tema e deem a conhecer as melhores práticas bem como os casos de sucesso identificados;
• A organização e realização de atividades de sensibilização e divulgação da importância da certificação da cadeia de responsabilidade e da gestão florestal sustentável;
• A dinamização de uma Comunidade de Prática dos agentes económicos do setor da floresta na região do Alto Tâmega, mobilizando estes em torno do objetivo comum de qualificação e valorização do setor, potenciando e dando continuidade aos resultados do presente projeto.

 

Veja AQUI o documentário “A floresta e o setor florestal do Alto Tâmega”.





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

Curso de formação avançada em direito agrário e sustentabilidade

2019-03-22 a 2019-05-31, Lisboa

Workshop "Produtos PROVE da horta ao prato"

2019-04-06, Braga

A Agricultura e os desafios societais para o período 20-30

2019-10-15 a 2019-10-18, Lisboa/Oeiras

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1