ADPM convida agricultores para instalação de sistemas agroflorestais

2017-11-06

Em resposta ao apelo lançado pela Associação de Defesa do Património de Mértola (ADPM) aos agricultores do Alentejo, aguarda-se a instalação de sete mil plantas, em prol do desenvolvimento agroflorestal e dos sistemas alimentares locais. Dá-se assim continuidade a um trabalho iniciado em 2016, no âmbito de um projeto financiado pela cadeia de Hotéis Accor e coordenado pela ADPM.

Entre outros requisitos, os agricultores interessados têm de:

1. Possuir uma parcela em condições de ser arborizada com dimensão entre 1 e 2 ha;

2. A parcela deve localizar-se na região do Alentejo (eliminatório);

3. Fazer instalação com compasso definitivo (sem desbastes previstos);

4. Escolher no mínimo espécies de duas categorias diferentes (agroflorestal, biodiversidade e água ou biodiversidade e polinização);

5. Ter capacidade de regar as plantas instaladas conforme as suas necessidades;

6. Manter as medidas propostas para assegurar a sobrevivência das plantas, incluindo proteção contra fauna selvagem, se necessário;

7. A parcela ser acessível;

8. Monitorizar as plantas uma vez por ano;

9. Ter capacidade de reposição das perdas;

10. Ter atividade agrícola ou outra relacionada com as espécies a instalar.

Sem formato definido, as candidaturas devem ser sucintas e conter o máximo de elementos sobre os fatores de seleção mencionados anteriormente. Além disso, o proponente compromete-se também a assegurar o bom desenvolvimento das plantas nos anos seguintes à instalação e a fornecer informação e acesso para monitorização.

Saiba mais em adpm.pt/





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

Mercados de Natal do Ribatejo Interior

2018-12-01 a 2018-12-16, Constância, Abrantes e Sardoal

Seminário “Agricultura Nacional – Produção Local – Comercialização Direta”

2018-12-18, Alpiarça

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1