Informação do TCE sobre as medidas da UE para o bem-estar dos animais

2018-01-10

O Tribunal de Contas Europeu (TCE) publicou, a 9 de janeiro, um documento informativo sobre as medidas tomadas pela UE para cumprir a legislação aplicável ao bem-estar dos animais e para melhorar a coordenação entre as atividades relativas ao bem-estar dos animais e a Política Agrícola Comum (PAC).

O documento foi elaborado com base nos trabalhos realizados no quadro de uma auditoria, que está em curso, sobre a eficácia das medidas da UE relativas ao bem-estar dos animais, prevendo-se a publicação do relatório para o final de 2018.

Esta auditoria abrange apenas os animais de criação. Segundo um estudo recente do Parlamento Europeu, estima-se que existam 4,5 milhões de frangos, galinhas poedeiras e perus na UE e cerca de 330 milhões de vacas, porcos, cabras e ovelhas. A auditoria debruça-se sobre o tempo de vida na exploração, no transporte e no abate dos animais.

Para o período de 2014-2020, os fundos da UE para o desenvolvimento rural afetados aos “pagamentos relacionados com o bem-estar dos animais” ascendem a cerca de 1,5 mil milhões de euros. As medidas da UE servem para incentivar níveis reforçados de bem-estar acima dos requisitos mínimos nacionais e da UE.

No âmbito da autoditoria, vão ser realizadas visitas a cinco Estados-Membros: Alemanha, França, Itália, Polónia e Roménia.

O documento informativo do TCE (em língua inglesa) pode ser consultado em anexo.





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

Lampreia do rio Minho – Um prato de excelência 2018

2018-01-15 a 2018-04-15, Vale do Minho

Conversas sobre o medronho

2018-01-21, Querença

Reuniões descentralizadas da AMPV

2018-01-22, Beja

Jornadas apícolas

2018-01-27 a 2018-01-28, Castelo Branco

2º Simpósio Nacional de Culturas Agroindustriais

2018-02-02, Santarém

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1