Portugal vota a favor da resolução sobre os direitos dos camponeses

2017-12-27

A 29 de setembro, foi adotada uma resolução sobre os direitos dos camponeses que constitui um marco no processo de adoção de uma “Declaração das Nações Unidas sobre os direitos dos camponeses e de outras pessoas que trabalham nas zonas rurais”, com 34 votos a favor, dois votos contra (Estados Unidos, Reino Unido) e 11 abstenções. Portugal foi o primeiro Estado europeu (com exceção da Suíça que apoia este processo praticamente, desde o início) a votar a favor desta resolução que prevê a realização da 5ª sessão do Grupo Trabalho Intergovernamental com vista a finalização e adoção, em 2018, do projeto de Declaração.

A Europa não pode ficar à margem desta questão, porque as políticas de investimento e de comércio europeias afetam direta ou indiretamente os direitosos dos camponeses do mundo inteiro. Com vista à construção de um mundo melhor não só para os camponeses, como também para as gerações futuras, é necessário adotar rapidamente uma “Declaração das Nações Unidas sobre os direitos dos camponeses e de outras pessoas que trabalham nas zonas rurais”.





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

Curso de formação avançada em direito agrário e sustentabilidade

2019-03-22 a 2019-05-31, Lisboa

ADL propõe formação profissional agrícola

2019-04-08 a 2019-04-28,

Alterações climáticas e a agricultura, tema central da 36ª Ovibeja

2019-04-26 a 2019-04-27, Beja

"Alimentação e Território: Estratégias, Políticas e Metodologias"

2019-05-03 a 2019-05-04, Lisboa

Workshop DLBC Rural em Palmela

2019-05-06, Palmela

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1