Sobre a existência de um problema de renovação geracional na agricultura da UE

2018-04-19

Há seis anos, o autor do blogue CAP Reform.eu, Alan Matthews, escrevia um texto sobre o envelhecimento dos agricultores europeus. Sugeria então que se podia observar um ligeiro crescimento da distribuição etária devido a tendências sociais gerais (períodos mais longos de escolaridade e uma maior longevidade) em vez de um agravamento específico do problema de transmissão geracional na agricultura.

I672-SEMXNOME.JPG

Entretanto o envelhecimento dos agricultores europeus foi seguindo o seu curso e Alan Matthews decidiu olhar de novo para esta problemática, baseando-se nos primeiros resultados do recente inquérito do Eurostat à estrutura das explorações agrícolas.

Verificam-se, de facto, resultados díspares entre Estados-Membros. Pegando, por exemplo, em dados de 2013, Matthews identifica em quadrantes opostos, Portugal e Chipre, por um lado, e Polónia e Áustria, por outro. O autor do texto conclui assim que os fatores nacionais afetam consideravelmente a mudança geracional na agricultura. Incluem-se aqui as diferenças de estrutura das explorações agrícolas (países com explorações agrícolas mais pequenas tendem a ter agricultores mais velhos), as diferenças de legislação nacional sobre a herança, a política fiscal e os sistemas de pensões, assim como as atitudes sociais e culturais em torno das práticas de sucessão nas explorações agrícolas.

Leia na íntegra o post (em inglês) de Alan Matthews AQUI





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

4º Encontro Europeu de Movimentos de Agricultura Apoiada pela Comunidade

2018-11-09 a 2018-11-11, Tessalónica (Grécia)

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1