TAGUS tem meio milhão para apoiar investimentos no Ribatejo Interior

2017-03-30

A Tagus tem 607 mil euros para apoiar projetos de investimento nas áreas da “Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas”, das “Cadeias Curtas e Mercados Locais” e da “Renovação de Aldeias”, a desenvolver em Abrantes, Constância e Sardoal.

Nas propostas para a “Transformação e Comercialização de Produtos”, a apresentar até 31 de maio, a Tagus vai dar preferência a produtos provenientes do olival, frutos vermelhos, biológicos e hortofrutícolas. Além disso, privilegiam-se candidaturas que contemplem a criação de postos de trabalho, que valorizem o uso ou melhoria da eficiência energética e que inovem nas formas de comercialização, recorrendo a plataformas electrónicas.

No caso das “Cadeias Curtas e Mercados Locais”, o prazo para apresentação de candidaturas vai prolongar-se até 30 de Junho. Estes investimentos em armazenamento, transporte e aquisição de pequenas estruturas de venda, acções de sensibilização e educação ou modernização de mercados locais, são supostos promover o contato direto entre produtores e consumidores. Podem concorrer associações de desenvolvimento local, autarquias, organizações de agricultores ou parcerias constituídas no mínimo por três produtores.

I358-IMAGEM1.JPG

Esperam-se propostas de preservação, conservação e valorização de elementos patrimoniais e ambientais para a “Renovação de Aldeias”, tais como recuperações ou beneficiações de património integrado em rotas temáticas, definição e sinalização de percursos em torno dos recursos endógenos e acções de divulgação e animação de equipamentos turísticos. É de referir que do território da TAGUS, estão excluídas, nesta medida, intervenções nas freguesias urbanas de Abrantes (União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede e União de Freguesias de S. Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo). O período de receção de candidaturas decorre até 30 de Junho.

Os projetos podem chegar aos 200 mil euros de investimento por projeto, sendo apoiados em 50 por cento das suas despesas elegíveis, com exceção da linha destinada aos pequenos investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas, com um máximo de comparticipação de 45 por cento.

Até 2020, a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior vai disponibilizar cerca de 1,9 milhões de euros para projetos em Abrantes, Constância e Sardoal, no âmbito da iniciativa comunitária do Portugal 2020, promovida pelo PDR2020 e co-financiada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER).

Mais informações em www.tagus-ri.pt ou em www.pdr-2020.pt





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

4º Encontro Europeu de Movimentos de Agricultura Apoiada pela Comunidade

2018-11-09 a 2018-11-11, Tessalónica (Grécia)

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1