Universidade do Minho abre as portas ao PROVE

2018-04-13

Dia 11 de Abril foram entregues os cabazes aos 30 primeiros consumidores PROVE da Universidade do Minho, que tiveram, assim, a oportunidade de interagir com os produtores locais.

I668-IMAGEM2.JPG

O PROVE e o seu conceito de comercialização em circuito curto chegou à Universidade do Minho, graças à parceria estabelecida entre a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem Cávado e Ave e a AFUM – Associação de Funcionários da Universidade do Minho, que resultou na assinatura de um protocolo.

I668-IMAGEM1.JPG

Este novo núcleo PROVE engloba seis produtores locais do território do Cávado cujas explorações agrícolas são de minifúndio e que se caracterizam por um tipo de agricultura baseado na policultura (hortícolas e frutas diversas e alguma pecuária em regime extensivo), com um acesso ao mercado limitado à venda direta dos produtos junto dos consumidores finais.

A abertura deste núcleo PROVE era um objetivo há muito ansiado pela ATAHCA, atendendo ao universo de potenciais consumidores que poderão ser captados no meio académico da Universidade do Minho pelo cariz desta metodologia de comercialização de proximidade.

A partir de agora todas as quartas-feiras junto à sede da AFUM das 16h30 às 18h30, encontro marcado entre produtores e consumidores PROVE. Adira em www.prove.com.pt e escolha seu primeiro cabaz PROVE em Encomendas - AFUM - Universidade do Minho.





Grupos de Ação Local


I16-MRLM.PNG

Localizar GAL por Concelho e Freguesia. Contatos. Prazos de candidatura.

Agenda

Apresentam-se Vinhos do Ribatejo Norte

2018-05-25, Lisboa

Comercialização de produtos locais em circuito curto

2018-05-29, Vila Verde

Preparação da 2ª Conferência Internacional CREATOUR

2018-06-07 a 2018-06-09, Braga

4º Encontro Europeu de Movimentos de Agricultura Apoiada pela Comunidade

2018-11-09 a 2018-11-11, Tessalónica (Grécia)

Newsletter LEADER 2020





SICLIK.COM.S8V2.LEADER2020.MINHATERRA.PT.1